Viena – Áustria | O que fazer e dicas para incluir no seu roteiro


viena austria dicas 1024x269 - Viena - Áustria | O que fazer e dicas para incluir no seu roteiro
Viena Áustria

 

Viena – Áustria

Viena é a capital da Áustria, fica no leste do país, às margens do rio Danúbio. Rica  culturalmente , artisticamente e intelectualmente, legado das obras dos renomados Mozart, Beethoven e Sigmund Freud, que lá viveram.

A cidade também é conhecida por seus palácios imperiais, como Schönbrunn, a casa de veraneio da família Habsburgo. Além de uma deliciosa gastronomia.

Eleita em 2019 a melhor cidade do mundo para se ver pela The Economist entre outras fontes de pesquisa.

Viena é tudo isso e mais um pouco, abaixo você terá um guia completo sobre a cidade com as melhores dicas e o que fazer na cidade.


Como Chegar

A maneira mais rápida de chegar à capital da Áustria é viajar de avião. Dos países vizinhos, você pode ficar relativamente barato de ônibus e trem. 

Também há opções de chegar em cruzeiros pelo Danúbio.

Não há voos diretos do Brasil para Viena, portanto você deverá chegar de algum outro país. Alemanha pode ser uma boa opção devido sua proximidade e por ter voos diretos do Brasil para Berlim e Frankfurt.

Mas na Europa tudo é mais fácil quando falamos de transporte, caso você esteja em um país mais distante você pode optar por ir de avião, há opções bem econômicas se você escolher uma cia low cost.

Eu mesmo quando visitei Viena, sai de Barcelona com a cia low cost Eurowings.

Ônibus

Flixbus é uma cia de ônibus que opera toda Europa a preços baixos, essa pode ser a forma mais barata. Se você estiver em algum lugar próximo, essa dever ser a melhor opção.

Trem

Os trens são bem práticos também e servem toda a Europa, no entanto pode ficar um pouco mais caro. É minha opção favorita devido ao conforto e proximidade das estações ao centro das cidades de origem e chegada.

Viena possui várias estações ferroviárias importantes, cada uma delas conectada ao centro da cidade por linhas de metrô e ônibus:

  • Estação Central Wien Hauptbahnhof , onde a maioria dos trens de longa distância param.
  • A estação ferroviária de Wien Meidling está localizada ao sul da estação central e também há muitos trens ligando aqui.
  • A Estação Westbahnhof West aceita principalmente trens da Europa Ocidental e da Áustria Ocidental.
  • A Estação Ferroviária Wien Mitte está localizada no centro de Viena, apenas a 13 minutos a pé da Catedral de Santo Estêvão. Este é um importante centro de transporte, combinando duas linhas de metrô, a ferrovia da cidade e um trem de alta velocidade para o aeroporto.

Você pode chegar a Viena de trem na maioria das cidades europeias. Obviamente, é conveniente e rápido fazer isso nas cidades vizinhas: Bratislava (a partir de 10 euros), Budapeste (a partir de 14 euros), Praga (a partir de 19 euros), Munique (29 euros).

Os bilhetes podem ser reservados no site das ferrovias austríacas, bem como nos sites da ferrovia do país em que a viagem está planejada.


Como chegar do aeroporto ao Centro de Viena ?

O City Airport Train (CAT) é a maneira mais rápida de chegar ao centro. Os trens de alta velocidade o levarão à Estação Wien Mitte em 16 minutos e 12 euros (21 euros ida e volta). Crianças menores de 14 anos – viajam de graça.

Os trens circulam a cada meia hora das 5.36 às 23.39.

Trem S-Bahn regula: A Estação Ferroviária de Wien Mitte fica a 25 minutos, você precisa da linha Schnellbahn S7. Um pouco mais lento que o CAT, mas o custo é muito menor: 3,9 EUR. De trem, você também pode chegar a outras estações de Viena (Wien Hauptbahnhof, Wien Meidling), bem como a outras cidades da Áustria.

Linhas do aeroporto de Viena – 3 rotas de ônibus ligam o aeroporto ao centro da cidade e ao metrô de Viena. A viagem dura 20 minutos. Preço 8 euros (13 euros ida e volta), crianças dos 6 aos 14 anos – 4 euros. Os ônibus da linha Wien Morzinplatz / Schwedenplatz circulam o tempo todo.

Os táxis podem ser pegos na saída do aeroporto na área de desembarque, é a opção mais cara. 40 a 60 euros até o centro.

Uber: Viena possui uber, você pode chamar normalmente pelo aplicativo. Até o centro a corrida custurá de 30 a 45 euros.


Seguro Viagem para Europa

Os países do espaço Schengen exigem seguro de saúde para viajantes à turismo. Portando não deixe de contratar o seu seguro com antecedência.

Clique aqui para cotar seu seguro, você poderá comparar várias seguradoras e escolher o que melhor te atende com os melhores preços.


Transporte

O transporte público de Viena é muito bom, você tem opção de metrô, bondes, ônibus e trens. O sistema é muito eficiente e permite fácil acesso a qualquer lugar da cidade.

Os seguintes tipos de bilhetes são válidos para qualquer transporte:

  • Bilhete único (Einzelfahrschein) é válido para 1 viagem em uma direção com qualquer número de transferências. Preço – 2,2 EUR (1,1 EUR para crianças dos 6 aos 15 anos). Os ingressos podem ser comprados em máquinas de venda automática, bilheterias, tabacarias (custam um pouco mais de 2,3 EUR). É possível comprar o bilhete pelo aplicativo móvel Wiener Linien ( para Ios e Android ). Esse ingresso durará 90 minutos. Para bilhetes comprados nas máquinas de venda automática, bilheteria ou em um quiosque de tabaco deve ser validado no início da viagem. Para crianças menores de 6 anos – as viagens são gratuitas aos domingos e feriados – as viagens também são gratuitas para menores de 15 anos.
  • O bilhete de 1 dia útil (Wiener Einkaufskarte) é válido por um dia útil, de segunda a sábado, das 8:00 às 20:00. Preço – 6,1 EUR. Também precisa ser validado ao iniciar a primeira viagem.
  • Bilhetes de 24, 48 e 72 horas. A contagem começa a partir do momento em que o ticket é validado. Eles custam 7,6 euros, 13,3 euros e 16,5 euros, respectivamente.
  • O passe semanal (Wochenkarte) é válido de segunda-feira (de 0,00) a segunda-feira (até 9,00). Preço – 16,2 EUR. 
  • O passe de 8 dias (8-Tage-Klima-Karte) é válido por oito dias independentes. O bilhete tem 8 faixas. Pode ser usado por várias pessoas, cada uma das quais deve validar uma faixa separadamente. Preço 38,4 EUR.
  • Se você adquiriu o Vienna City Card , poderá usufruir gratuitamente do transporte público durante o período de validade do cartão.

Em Viena, não há catracas no metrô, se por pego por um fiscal andando no transporte sem bilhete validado você poderá pagar uma multa. Não arrisque !!

Você pode planejar sua rota neste site . Para maior comodidade, recomendo baixar o aplicativo Qando no seu celular.

Além do transporte público, você poderá usar taxi e uber que servem bem Viena.


Segurança

Viena é uma cidade muito segura, inclusive esse é um dos pontos que a fazem a ser uma das melhores cidades do mundo para se viver.


Quando ir para Viena ?

Viena pode ser visitada o ano todo, você terá diferentes experiencias conforme a estação, por isso vou dividir essa parte do artigo por estação do ano.

Viena no Verão

No verão, a cidade fica linda. Você poderá ir Schönbrunn ou Belvedere e ver a bela vegetação dos parques e jardins.

A temperatura média é de cerca de +24 ° C, as chuvas não são raras, então pegue um guarda-chuva. O ponto negativo da temporada de verão será a multidão de turistas, filas nas bilheterias e o calor poder ser forte em alguns dias. 

Se você pretende ver alguma ópera, não viaje em julho ou agosto, já que elas vão de setembro a junho.

Viena no outono

Setembro é geralmente quente e como no verão. A partir do final do mês, o clima começa esfriar, no entanto, não há muita chuva, e caminhar pela cidade é muito confortável.

No final de novembro, a neve já pode começar cair. Eu acho lindo a vegetação no outono, é outro tipo de paisagem, mas acho que vale a pena.

Viena na primavera

A primavera de Viena é mutável, o tempo ensolarado alterna com dias de chuva e vento. Temperatura do ar de 5 a 20° C.

O clima fica mais frio até abril e começa esquentar em maio, quando as arvores começam florescer. época linda de visitar a cidade.

Viena no inverno

No período pré-natal, Viena é realmente linda. Os mercados de Natal começam a receber visitantes no final de novembro e ficam abertos até o Natal.

Mas no feriado em si, a cidade é bastante tranquila e quase tudo está fechado. No inverno você ainda pode aproveitar seu tempo na Áustria e colocar um destino de montanha e ski no seu roteiro. A Áustria é excelente destino para isso.


Onde se Hospedar em Viena ?

Ao escolher a acomodação em uma viagem turística, sempre tentamos alcançar o equilíbrio ideal entre preço e conveniência. 

Em uma cidade grande, um hotel nos arredores permitirá economizar bastante, já que as regiões mais centrais são mais caras, em Viena isso não é diferente.

Os preços médios em hotéis variam de 50 a 130 euros a depender da localização.

Abaixo algumas sugestões de hotéis em Viena. Lembrando que a cidade é servida com airbnb, caso opte em ficar nessa modalidade, tenho um cupom de R$179,00 para você utilizar na sua primeira hospedagem com airbnb.

Perto da estação de trem, você terá opções com bons preços e transporte fácil para qualquer local de Viena:

Star inn Premium 

Azimut

ibis Wien Hauptbahnhof

No centro da cidade você estará localizado no coração da cidade, porém mais caro:

Graben Hotel

Hotel Domizil

Austria Trend Hotel Astoria Wien


Gastronomia, bares e restaurantes

Um almoço  custa entre 12 e 15 euros. Jantar para dois em um restaurante fica entre 45 a 70 euros.

Claro que há opções mais baratas, isso vale para qualquer lugar do mundo. A comida de rua de Viena não deixa a desejar e é uma opção econômica.

Inúmeras linguiças, espetinhos e pizzarias estão espalhadas pela cidade. Você ainda pode comprar  sanduíches no supermercado e padarias ou preparar sua comida no hostel, airbnb e economizar ainda mais. Mas sugiro que você prove algumas delícias da culinária austríaca.

O principal mercado de Viena é Naschmarkt, ocupa uma grande área e está aberto todos os dias, aos sábados e domingos, das 9:00 às 18:30. Lá eu provei as tradicionais linguiças, lembra muito a culinária alemã.

 

Os supermercados mais populares em Viena: Spar, Billa, Hofer, Merkur, Penny Markt. Grandes supermercados geralmente ficam abertos até as 20h00, muitos não trabalham no domingo (como boa parte do comércio). Preste atenção às ofertas especiais, para economizar muito. A propósito, chocolate, licor e outros presentes são mais baratos em supermercados do que em lojas de souvenirs.

Aqui mais algumas sugestões do que e onde comer em Viena:

Joelho de Porco no Schweizerhaus no parque Prater. Aproveita o passeio no parque de diversão e faça uma refeição nesse local. 1 kg de Joelho de porco, o melhor que já comi. Lá você poderá desfrutar também de boa cerveja e muita animação em dias com música.

View this post on Instagram

Gastronomia em Viena !! . A Austria não decepciona no quesito gastronomia, em Viena pude experimentar muita coisa boa, vamos aos pratos e locais: . Foto 1: 1 kg do melhor joelho de porco que já comi. O restaurante chama Schweizerhaus e fica no Prater (o parque de diversão que postei ontem). Comida e cerveja boa, e muita animação. . Foto 2: o melhor chocolate quente de Vienna (faz fila) o local chama Demel, fica no centro da cidade. Aproveitei e pedi uma Sachertorte, famosa torta de chocolate austríaca. Tem coisa melhor pra fazer numa tarde fria ? . Sachertorte ficou famosa quando em 1832 o príncipe Matternich pediu ao seu chefe de cozinha desenvolver uma sobremesa para seus convidados. A famosa torta pode ser encontra por todo país, mas a original pode ser provada na opera de Vienna. . Foto 4: comida de rua, pão e linguiça que comi no Nascarkt – o mercado mais famoso da cidade, para acompanhar uma ótima cerveja. . Já perceberam que a comida austríaca e alemã são bem similares né. De fato a influência alemã é forte na Áustria. . E aí qual desses pratos você gostaria de provar ? . #vienna #viennafood

A post shared by Bruno (@vaicombruno) on

demel viena e1572182680311 768x1024 - Viena - Áustria | O que fazer e dicas para incluir no seu roteiro
Demel, tradição em Viena


Prove o melhor chocolate quente de Vienna (faz fila) o local chama Demel, fica no centro da cidade. Aproveitei e pedi uma Sachertorte, famosa torta de chocolate austríaca. Tem coisa melhor pra fazer numa tarde fria ?
Sachertorte ficou famosa quando em 1832 o príncipe Matternich pediu ao seu chefe de cozinha desenvolver uma sobremesa para seus convidados. A famosa torta pode ser encontra por todo país, mas a original pode ser provada na opera de Vienna. A receita original não é tão boa como as derivadas, isso porque a original é mais amarga, eu pelo menos achei a torta do Demel melhor.

Nas padarias também provei as mortadelas recheadas, uma melhor que a outra, você pode pedir os sanduíches de mortadela (fica a dica). Além dos schnitzel (tradicionalmente alemão, mas super presente na Áustria), é o famoso empanado nosso, há opções com carne de boi, frango e porco.

Restaurante Griechenbeisl – Fleischmarkt, 11 – um dos mais antigas de Viena, sempre cheio pois aqui já passaram Mozart, Beethoven, Wagner, Schubert, Strauss, Brahms, Chaliapin, Twain, Bismarck e muitos outros), que decoravam as paredes da sala Mark Twain com suas assinaturas.

Outras sugestões de restaurantes por preço:

Econômico:

  • Figlmueller, Wollzeile 5 (não deixe de experimentar o schnitzel vienense).
  • Bettelstudent, Johannesgasse 12
  • Schnitzelwirt, Neubaugasse 52
  • Rosenberger, Maysedergasse 2
  • Centimeter, Lenaugasse 11

Médio:

  • Plachutta, Wollzeile 38
  • Restaurante Vollwer Lebenbauer, Teinfaltstraße 3
  • Wiener Wiaz Haus, Gußhausstraße 24
  • Restaurante Buxbaum, Grashofgasse 3
  • Ef16 Restaurant Weinbar, Fleischmarkt 16

Caro:

  • Restaurante Rote Bar, Philharmoniker 4
  • Le Ciel por Toni Morwald, Kärntner Ring 9
  • Steirereck, Am Heumarkt 2A
  • Restaurante Edvard, Schottenring 24
  • Zum Schwarzen Kameel, Bognergasse 5
  • Loca, Stubenbastei 10

O que fazer em Viena, dicas e passeios

Tem muita coisa para fazer em Viena, de museus e igrejas a parques de diversão. A riqueza cultural em Viena é absurda. 

Seque aqui algumas dicas do que fazer em Viena:

Lugares imperdíveis:

Catedral de Santo Estêvão é o principal templo e símbolo da cidade localizada na Stephansplatz. A torre de sua torre sul eleva-se orgulhosamente ao céu a 137 metros. A primeira basílica neste local foi erguida no século XII, desde então a catedral foi repetidamente destruída e reconstruída. Essa obra gótica que temos atualmente foi criada no século XVI. A catedral é tão grande e interessante que pode demorar algumas horas para conhece-la. Há um tour nas tumbas da igreja (bem interessante – pago a parte).

Há muitas relíquias na catedral: o milagroso ícone de Poch da Mãe de Deus, as relíquias de São Valentim, parte da toalha de mesa que cobriu a mesa durante a Última Ceia. Também na catedral está a tumba da dinastia dominante, mas, para ser mais preciso, desde o século XVII apenas alguns órgãos internos das pessoas mais altas foram enterrados aqui.

Você pode pegar o elevador por 5,5 euros até a Torre Norte para ver um enorme sino Pummerin; a subida à alta torre sul é mais barata – 4,5 euros, mas você terá que chegar ao mirante a pé, são 345 degraus. Ambos os locais têm suas vantagens: No primeiro você pode ver em detalhes as telhas multicoloridas da catedral; No segundo, mais alto, oferece uma vista panorâmica da cidade. 

A catedral está aberta todos os dias das 6:00 às 22:00 (aos domingos e feriados das 7:00). Realiza regularmente concertos de música sacra. Eu também recomendo ver a catedral à noite, quando está toda iluminada.

catedral viena sao estevao 1 1024x840 - Viena - Áustria | O que fazer e dicas para incluir no seu roteiro
Catedral São Estevão – Viena


A Ópera Estatal de Viena é uma das casas de ópera mais famosas do mundo.
A primeira apresentação de Mozart em Don Juan foi realizada aqui em 1869. Você pode ver a programação da Ópera de Viena e comprar ingressos no site oficial. 

Ao fazer pedidos com antecedência para algumas apresentações, você pode conseguir ingressos muito baratos por 8-15 EUR. Se quiser ficar em pé pode conseguir ingressos ainda mais baratos (3 a 5 euros), para isso você deverá ir bilheteira 80 minutos antes da apresentação (apenas um bilhete por pessoa é permitido).É melhor chegar com antecedência, geralmente há uma longa fila. 

opera estatal de viena 1024x683 - Viena - Áustria | O que fazer e dicas para incluir no seu roteiro
Ópera de Viena

Schönbrunn é a residência de verão dos imperadores da dinastia Habsburgo.
A entrada no parque é gratuita. Se você tiver força suficiente para ir até o final do parque, suba à elegante Colonnade Gloriett (3,8 EUR) com vista para o palácio e a cidade.
Também no parque está o zoológico mais antigo do mundo.

Dependendo do bilhete (14,2 euros ou 17,5 euros), você visitará 22 ou 40 quartos deste enorme edifício. Há também ingressos combinados, incluindo várias atrações do complexo e outras locais de Viena.  A programação do palácio e do parque pode ser vista clicando neste link . 

Chegar no Schönbrunn é muito fácil, há uma estação de metro bem próxima da entrada – estação de metrô Schönbrunn.

Schönbrunn viena 1024x256 - Viena - Áustria | O que fazer e dicas para incluir no seu roteiro
Schönbrunn, Viena

Belvedere. Este conjunto de palácio, cercado por um parque francês, consiste em dois palácios do príncipe Eugênio de Sabóia: o Belvedere Superior e o Baixo. 

Um era usado para recepções, o outro continha câmaras privadas. Dentro dos palácios vale a pena visitar, não só para apreciar a bela decoração, mas também a galeria de arte austríaca. Há uma exposição permanente no Belvedere Superior . É aqui que você pode ver a foto de Klimt “Kiss”.

No Belvedere Inferior são realizadas exposições. Bilhete para o Belvedere Superior custa 15 euros, para o inferior- 13 euros, crianças menores de 18 anos não pagam.

Você também pode comprar um bilhete com as duas entradas, que custará 20 euros. Ambos os museus estão abertos das 10: 00h às 18: 00h. O inferior fica aberto até às 21h nas quartas-feiras. 

belvedere viena 1024x575 - Viena - Áustria | O que fazer e dicas para incluir no seu roteiro
Belvedere, Viena

Casa Hundertwasser. É difícil permanecer indiferente ao olhar para um edifício colorido no qual não há uma única linha reta. A propósito, o nome certo para essa atração é a Casa Hundertwasser – Kravina, pois o arquiteto Joseph Kravina também participou do projeto. Mas a idéia principal, sem dúvida, pertencia ao gênio de Friedensreich Hundertwasser.
Todas as janelas são coroadas com pequenas coroas para enfatizar que cada um dos proprietários é o rei de sua própria casa, que tem o direito de criá-la da maneira que assim desejar. Esta obra é um manifesto de um artista que considerava os edifícios e apartamentos residenciais comuns verdadeiras celas privadas da individualidade, na obra os idealizadores procuravam unir à natureza as moradias e rejeitava a padronização e linhas retas. Infelizmente, entrar no incrível edifício não é permitido porque os apartamentos são privados.

IMG 8425 768x1024 - Viena - Áustria | O que fazer e dicas para incluir no seu roteiro
Hundertwasser – arquiteura e arte

Igrejas e templos

Igreja Capuchinha Kapuzinerkirche. Sua fachada é simples, mas ali que está a cripta dos capuchinhos (Kapuzinergruft), servindo como tumba dos imperadores e suas famílias da Casa de Habsburgo desde o século XVII. Aberto das 10h às 18h (às quintas-feiras, abre as9h). Bilhete adulto 7,5 euros, crianças menores de 18 anos – 4,5 euros.

Igreja de Santo Agostinho Augustinerkirche é outra igreja ligada aos Habsburgos. Em suas criptas em urnas de prata, seus corações embalsamados são armazenados. Também no passado, casamentos de membros da família imperial aconteciam nesta igreja.

A Igreja Jesuíta Jesuitenkirche foi lembrada por seu interior deslumbrante, as pinturas no teto são lindas. Aberto das 07:00 às 19:00.

Igreja de St. Ruprecht Ruprechtskirche é o templo mais antigo de Viena, fundado no século IX. Preste atenção nos vitrais do século XIII e na misteriosa “Madona Negra”, a padroeira da cidade. Horário de funcionamento: segunda-feira, quarta-feira 10.00-12.00 e 15.00-17.00; Terça-feira 10,00-12,00; Quinta e sexta-feira, das 10h às 17h, sábado, das 11h30 às 15h30.

Karlskirche Karlskirche é uma das mais belas igrejas vienenses em estilo barroco. Sua enorme cúpula e suas colunas representam à grandeza do império. Por 8 euros, você pode pegar um elevador panorâmico até a cúpula da igreja. Horário de funcionamento: segunda a sábado, das 09h00 às 18h00, domingo das 12h00 às 19h00.
Igreja Votivkirche Vow , a segunda mais alta da cidade, suas torres possuem 99 metros. O edifício neogótico foi construído como um agradecimento pelo milagroso resgate do imperador Franz Joseph da tentativa de assassinato. A igreja está aberta de terça a sexta-feira das 16:00 às 18:00, sábado e domingo das 9:00 às 13:00.

Museus

Viena possui uma das maiores concentrações de museus do mundo, já falei sobre a riqueza cultural da cidade. Portanto vai ser impossível listar todos, mas aqui vão alguns dos melhores e mais interessantes, veja o que pode te agradar mais: 

Hofburg Este imenso palácio abrigava a corte imperial e agora abriga a residência oficial do Presidente da Áustria, além de museus, a Biblioteca Nacional, a Escola Espanhola de Equitação e muito mais. É um complexo que ocupa um território impressionante (500.000 metros quadrados) e consiste em muitos edifícios. Os turistas podem ver os apartamentos imperiais, o museu de Sisi (popularmente amada esposa de Franz Joseph), a coleção imperial de prata.
Um bilhete completo custa 13,9 EUR. O horário de funcionamento é das 9.00 às 17.30, em julho e agosto até às 18.30.

Para ver as obras dos impérios romano e austro-húngaro no tesouro imperial, você terá que pagar mais 12 euros. O tesouro imperial está aberto todos os dias, exceto terça-feira, das 9:00 às 17:30. O edifício do New Burg possui o Museu de Ética e Etnografia , uma coleção de armas e uma coleção de instrumentos musicais antigos . A visita aos museus de New Burg está incluída no preço do ingresso para o Museu Kunsthistorisches.

Os edifícios gêmeos, localizados um em frente ao outro na Praça Maria Theresa, tornaram-se o Museu Kunsthistorisches e do Museu de História Natural .
A galeria de arte do museu é uma das melhores da Europa, existem muitos artistas famosos. No museu você também pode ver arte egípcia, antiga e do Oriente Médio, o Kunstkamera imperial e a coleção numismática. 

O museu está aberto das 10.00 às 18.00 e das quintas-feiras às 21.00. De setembro a maio, segunda-feira é um dia de folga. Preço do bilhete – 15 euros, crianças e adolescentes até 19 anos não pagam.

O Museu de História Natural também é interessante, possui uma estatueta criada há cerca de 20 mil anos (Willendorf Venus), a maior coleção de meteoritos do mundo e um belo salão paleontológico. Bilhete de 10 euros, crianças e adolescentes menores de 19 anos não pagam. Horário de funcionamento do museu: de quinta a segunda, das 9:00 às 18:30, quarta-feira – das 9:00 às 21:00.

Museum Quarter ou MQ , um dos maiores complexos de museus do mundo. Sua parte frontal está localizada no edifício barroco dos antigos estábulos da corte, que se encaixam no conjunto arquitetônico ao redor. Mas, passando pelo arco até o pátio, você se encontra em no mundo da arte moderna, formas cúbicas e liberdade de criatividade.

O bairro dos museus inclui: o Museu Leopold, com uma coleção de Arte Nova austríaca (13 EUR), o Museu de Arte Moderna e Contemporânea da Fundação Ludwig MUMOK (11 EUR), a Exposição de Arte Contemporânea Kunsthalle (8 EUR), o centro arquitetônico (9 EUR), o centro de dança moderna (20). EUR, um museu infantil (gratuito) e um teatro para jovens espectadores (ingressos a partir de 6 EUR). Para a maioria dos visitantes, os dois primeiros museus serão interessantes. Você pode visitá-los comprando um bilhete que abrange as duas entradas. Há promoções e combos que devem ser consultados no site oficial.

O Museu Albertina, recebeu esse nome em homenagem ao duque de Albert von Sachsen-Teschin, o criador desta bela galeria de arte. Albertina é famosa por sua rica coleção de pinturas. Os visitantes podem ver pinturas de Leonardo Da Vinci, Rafael, Durer, Rubens e outros artistas. A galeria está aberta todos os dias das 10h00 às 18h00 e às quartas-feiras até as 21h00. Bilhete adulto – 12,9 euros, até 19 anos – grátis.

O Museu de Artes Aplicadas, é um dos primeiros museus europeus nesta área, inaugurado no século XIX. Exibe móveis, talheres, louças, têxteis e outros objetos de artesanato artístico, desde a Idade Média até os dias atuais, incluindo arte contemporânea. 

O museu está aberto diariamente, exceto segunda-feira: quarta-feira – domingo, das 10.00 às 18.00, terça-feira das 10.00 às 22.00. O preço para adultos é de 9,9 euros, até 19 anos – não paga. Às terças-feiras, das 18h às 22h, a entrada é gratuita para todos os visitantes.

Casa de Artes de Viena Kunst Haus Wien, se você viu a casa Hundertwasser e gostou, pode continuar a ver o trabalho dele na Kunst Haus Wien – “casa de pisos irregulares e janelas de dança”.

O edifício da antiga fábrica de móveis, que foi completamente reconstruído no estilo original típico do artista, abriga uma exposição permanente das obras de Hundertwasser e exposições de outros artistas. Ingresso para o museu, incluindo a coleção principal e exposições – 12 euros, apenas a coleção principal – 11 euros, apenas exposições – 9 euros, crianças menores de 10 anos – grátis, de 10 a 19 anos – 5 euros. Horário de funcionamento: das 10.00 às 18.00. Se você não quiser pagar para entrar, a arquitetura do edifício poderá ser apreciada simplesmente tomando café no café do museu.


Parques

O Prater Park é um parque  cujo espaço é dividido em Grüner Prater Green Prater e Wurstelprater Amusement Park. No Green Prater você poderá caminhar contemplando a natureza, campos esportivos, cafés, um clube de golfe e um hipódromo. Já no parque de diversões, a principal atração do parque é uma enorme roda gigante (64,75 m) criada no século XIX. Uma volta completa leva cerca de 14 minutos. Bilhete de adulto 10 EUR, criança 4,5 EUR. Pode ser comprado com antecedênia online para evitar filas. 

Há outras atrações no parque como o chapéu mexicano com 117 metros de altura e vista de toda a cidade. O Prater é um dos parques mais antigos do mundo, vale a visita.

Lá você não paga para entrar, apenas paga pelas as atrações que desejar ir. Além disso lá que fica o Schweizerhaus, onde comi o joelho de porco que mencionei mais no início desse artigo. 

roda gigante e1572182939750 768x1024 - Viena - Áustria | O que fazer e dicas para incluir no seu roteiro

Parque da cidade de Viena Stadtpark: O primeiro parque público da cidade, lá você encontrará estátua de ouro de Johann Strauss.
Existem outras esculturas no parque, outra bela atração é lagoa com cisnes e patos. O parque é bonito, calmo, um refúgio do barulho da cidade. Você também pode dar um passeio ao longo do rio Viena que passa pelo parque.

Volksgarten Volksgarten é um parque muito bonito no centro da cidade, com um exuberante jardim de rosas, fontes e o templo de Teseu – uma cópia do antigo templo grego de Hefesto, em Atenas. E se você quiser comer, o Café Meierei pode ser uma opção. É melhor visitar o Volksgarten em épocas mais quentes como primavera e verão para poder admirar as rodas. . Não deixe de caminhar até o extremo norte do parque para ver o monumento à Imperatriz Sissi.

Burggarten Burggarten: Antigamente somente convidados imperiais tinham acesso ao parque, hoje em dia, seu principal tesouro é a estufa Palmenhaus , onde você pode admirar borboletas voando entre plantas tropicais (6,5 euros), ou se preferir caminhar entre as palmeiras de dez metros.

Augarten Augarten, Nesse parque a natureza contrasta com as torres antiaéreas da época de guerra. Em Augarten, fica um castelo barroco, transformado em um internato onde as crianças do Coro dos Meninos de Viena estudam.

Floresta de Viena, esse grande parque nacional começa na cidade e se extende pelos arredores de Viena. As pessoas vêm aqui para apreciar a natureza, pequenas cidades, spas termais, castelos e mosteiros. Você pode chegar ao Bosque de Viena por transporte público. Mas o ideal para explorar melhor é ir de carro ou reservar algum passeio turístico para o parque. 


Roteiro de 1 (um) dia em Viena

Um dia é pouco para ver Viena, eu recomendaria pelo menos uns três dias na cidade. Mas caso você está com tempo curto na cidade vou deixar uma sugestão de roteiro com o que considero mais interessante e popular na cidade.

Caso tenha mais tempo, sugiro você ir incluindo mais coisas no roteiro de acordo com seu interesse, acima já  inclui várias atrações, parques, museus, igrejas de Viena que podem te interessar.

A cidade velha de Viena não é tão grande e, algumas ruas são de passagem obrigatória e símbolos da cidade.

Passear pelas luxuosas ruas de Kohlmarkt e Graben , caminhar pela pedonal Kärntner Straße , começando no coração de Viena, admirar os palácios do “beco da nobreza” Herrengasse e observar a medievaL Postgasse e Fleischmarkt . 

Impossível não ir em Ringstrasse Boulevard, construída no século 19 no local das muralhas da cidade velha. Há muitas atrações aqui, incluindo Parlamento, Prefeitura, Ópera de Viena, Burgtheater e Bolsa de Valores. 

O ringstrasse é dividido em várias seções, cada uma com seu próprio nome, com o final do “ring”: Burgring, Opernring, Parkring, etc. Fora do ringue, você pode caminhar pelas ruas estreitas para pedestres do bairro Spittelberg.

Vamos a sugestão de roteiro:

Comece cedinho na praça Stephansplatz . Visite a catedral, veja às catacumbas ou suba no mirante, dependendo de seus interesses. A praça Stock-im-Eisen Platz , decorada com um tronco de árvore pontilhado de pregos, fica ao lado da Praça Stephansplatz .

Seguindo por uma curta caminhada te leva à casa de Figaro na Domgasse 5, onde Mozart morava.

Siga em direção à igreja de Jesuitenkirche , veja seu interior luxuoso e continue o passeio pela Viena medieval, seguindo a Postgasse e depois voltando para Fleischmarkt . Passe pelo lendário restaurante Griechenbeisl. Indo mais longe e virando à direita, chegamos à igreja mais antiga da cidade –Ruprechtskirche.

Voltando um pouco o caminho já percorrido, vá para a praça mais antiga da cidade, Hoher Markt , debaixo de sua calçada estão as ruínas do acampamento romano de Vindobona, que já foi liderado pelo imperador Marco Aurélio.

Na casa número 3 fica o Museu Romano RÖMERMUSEUM , onde por 7 EUR (até 19 anos – grátis) você pode descobrir mais sobre a história antiga deste lugar. Outra atração da praça é o relógio Anchor.

Vá em direção à igreja Peterskirche , veja seu interior e o pilar da peste, Wiener Pestsäule, na rua Graben.

Depois siga para imensa praça Am Hof com uma igreja, onde em sua varanda, em 1806 foi anunciada a queda do Sacro Império Romano dos povos germânicos.
Na praça Freyung , estão localizados o mosteiro escocês, vários belos palácios e a fonte austríaca com figuras simbolizando os principais rios do império: Danúbio, Elba, Pó e Vístula.

Na praça Rathausplatz, está um belo edifício neogótico da New Town Hall , que pode ser visitado com uma visita guiada.

No Burgtheater , há um pequeno teatro que não é a Ópera de Viena. Seu interior é decorado com afrescos de Klimt. À esquerda está o Parlamento , onde estão os Conselhos Nacional e Federal. À direita está o edifício da terceira universidade mais antiga da Europa Central (fundada no século XIV).

Atravessando o parque Volksgarten chegará na frente do heróis loschadi Heldenplatz.

À direita fica a praça Maria-Theresien-Platz, com os dois edifícios do museu. Siga para o outro lado e atravesse a bela praça interna do Old Burg In der Burg, com um monumento ao imperador Franz Joseph I. Preste atenção ao portão suíço que leva ao pátio suíço, de onde você pode entrar no tesouro e na capela imperial. 

A propósito, a lendária confeitaria Demel está localizada ali perto , por isso, se você quiser fazer uma pausa para café e sobremesa vienense, este é o momento. Já falei da Demel, lá que tomei o chocolate quente e comi uma Sachertorte (vale a pena).

Siga para Michaelerplatz para ver as escavações no centro da praça. Lá está a entrada da Escola Espanhola de Equitação entre outros edifícios ao redor.

Então siga para a praça barroca Josefsplat que Abriga o edifício da Biblioteca Nacional da Áustria , cujo belo interior pode ser visto durante um passeio (7 euros).

Seguindo adiante você passará  pela modesta igreja Augustinerkirche , o Museu Albertin e o monumento às vítimas da guerra e do fascismo .

A esse ponto você está perto da Ópera Estatal . Depois de registrar uma foto do belo prédio siga direção à Secessão de Viena . Perto fica o maior mercado de Viena, Naschmarkt , e nas proximidades existem muitos restaurantes. Então, se você quiser um almoço barato, este é o lugar certo. Já falei sobre ele anteriormente.

Agora siga para à praça Karlsplatz , veja a majestosa igreja Karlskirche e siga para o Belvedere . Você pode desfrutar de belas vistas da cidade enquanto caminha no parque ou ir por dentro buscando obras de Klimt e outros artistas famosos.

Uma curta caminhada te leva ao maravilhoso Parque da Cidade Stadtpark de Viena

Procure o belo lago com os patos, e continue a caminhada em direção à casa da Casa Hundertwasser.

Depois de admirar a casa a próxima parada será Hetzgasse, pegue o bonde 1, que te levará pela Ringstraße Ring Boulevard até a parada Kärntner Ring / Oper.

Na bela rua Kärntner Straße , vá em direção à Catedral de Santo Estêvão. ande pela praça Neuer Markt, decorada com a Fonte da Providência.

Caminhe pelas ruas, Kohlmarkt e Graben , repletas de lojas e cafés. Aqui poderá procurar por algum restaurante para jantar.

O dia será puxado e cansativo, por isso, recomendo se você tiver mais dias quebrar esse roteiro em dois entrando em alguns museus e igrejas com mais calma.

Nesse roteiro não inclui o Prater, mas se ainda tiver força, pode ir lá a noite e andar na roda gigante, mas ideal seria reservar uma tarde no parque.


Compras e Lojas

As ruas centrais da cidade velha de Viena ( Kohlmarkt, Graben, Karntner Strabe ) estão cheias de lojas de marcas famosas, e lojas locais.

Lojas mais acessíveis estão localizadas nas ruas de Mariahilfer Strabe , Favoritenstrabe , Landstrabe , Meidlinger Strabe .

Centros comerciais populares:

  • Cidade comercial Sud , SCS-Straße, 2334 Vösendorf;
  • Donau Zentrum , Wagramer Str. 81;
  • Centro comercial Nord , Ignaz-Köck-Straße 1;
  • Wien Mitte – o shopping , Landstraßer Hauptstraße 1B.

VIENA COMPRAS 2 1024x539 - Viena - Áustria | O que fazer e dicas para incluir no seu roteiro


Vida Noturna

O clube Praterdome é uma boa opção e está localizado no Parque Prater, aberto quinta-feira, sexta-feira, sábado à partir das 22h00. Uma área enorme, um show a laser e uma variedade de músicas garantem uma noite animada. Proibida a entrada de menores de 18 anos.

Outros casas populares:

  • Volksgarten, 1, Burgring;
  • Flex, Augartenbrücke 1;
  • B72, Hernalser Gürtel 72-73;
  • Säulenhalle, Burgring A-1010;
  • Grelle Forelle, Spittelauer Lände 12.



pinit fg en rect red 28 - Viena - Áustria | O que fazer e dicas para incluir no seu roteiro

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *