Viajar barato – O guia definitivo para planejar sua viagem gastando pouco

Viajar barato nunca foi tão fácil, foi se o tempo que apenas ricos empresários e executivos de grandes empresas viajavam. O aumento de cias aéreas, e novas modalidades de hospedagem, tornou realidade o sonho de muitas pessoas.

Os gastos de viagem podem ser divididos basicamente em 4 pilares principais: Passagem aérea; Hospedagem; Atrações Turísticas; Alimentação.

Nesse artigo vou te mostrar como planejar sua viagem gastando pouco, um guia completo para economizar nesses 4 pilares principais e viajar barato.

Nesse guia você aprenderá tudo sobre como viajar barato, como planejar uma viagem gastando pouco:

– Como comprar passagens aéreas baratas;

– Como conseguir hospedagem barata, e hospedagem gratuita;

– Como economizar em atrações turísticas;

– Como economizar com alimentação em viagem;

– Descontos e cupons úteis para usar no planejamento de sua viagem.

Como comprar passagens aéreas baratas

Talvez essa seja a pergunta que mais recebo todos os dias, e por isso resolvi começar por aqui, afinal de contas nenhuma viagem pode ser planejada sem antes ter um bilhete aéreo comprado e um destino definido.

Não existem nenhum milagre para comprar passagens baratas, no entanto, existem técnicas e ferramentas que ajudam nesse processo de como comprar passagem aérea barata e iniciar seu processo de viajar barato.

Considero três pontos primordiais para ter sucesso em comprar passagem aérea barata, flexibilidade de data, quando comprar passagem aérea e horário e por último mas não menos importante, por onde comprar sua passagem.

O primeiro é flexibilidade de datas, um dia pode fazer muita diferença na hora da busca da passagem, uma semana, um mês então pode ser gritante, viajar fora de temporada talvez seja o primeiro ponto a ser considerado. É quase garantido que buscar uma passagem param Europa em julho, no meio do verão europeu, possivelmente não será barato, ou passagens para feriados prolongados, natal, réveillon, etc. Fuja dessas datas e períodos de férias escolares.

Durante a semana, dependendo do dia, sua passagem pode sofrer uma diferença de preço enorme. No meio da semana, terças, quartas e quintas, normalmente há tarifas aéreas mais baratas. Sexta e segunda normalmente são os dias com tarifas aéreas mais caras. Portanto, tenha o leque de datas aberto, na hora da busca sempre há opções de datas flexíveis, ou opção de abrir um calendário de datas em que você poderá ver alternativas de datas e preços.

O segundo ponto é quando é o melhor momento para comprar passagem aérea barata, aqui são dois fatores principais a serem buscados. O horário e quanto tempo antes é o ideal para comprar passagem aérea barata.

O horário, nem sempre vai fazer diferença, mas estatisticamente as passagens tendem a ser mais cara durante o horário comercial, isso porque esse é o horário que as agências estão abertas e comprando passagens em maior fluxo. Dessa forma, a noite e de madrugada você poderá encontrar melhores opções para comprar sua passagem.

E quanto tempo antes devo comprar minha passagem ? Antecedência é importante, mas comprar passagem um ano antes, nem sempre é garantia de pagar barato. Estatisticamente, o ideal é comprar sua passagem de 45 a 90 dias antes da viagem, nesse intervalo são encontradas as melhores tarifas.

As cia aéreas deixam o calendário aberto até um ano antes, no entanto, se você procurar uma passagem com tanta antecedência não é garantia de preço baixo, as cias aéreas entendem que as pessoas começam a planejar a viagem 90 dias antes da data, então não faz sentido ofertar tarifas baixas com tanta antecedência, pois eles já sabem que vão vender os assentos bem mais pra frente. Conforme a data da viagem vai chegando as vendas começam aumentar, se as vendas estão fracas conforme se aproxima a data começam as promoções, isso porque o voo tem que sair, e viajar com avião vazio é prejuízo para cia aérea, essas promoções vão ocorrer nesse intervalo de 45 a 90 dias antes da data.

Faltando 45 dias para viagem, começa acontecer o inverso, principalmente se o voo já está cheio, após os 45 dias é considerado o período de urgência, é quando as pessoas decidem viajar de última hora, ou empresas comprando passagens para empregados em viagens de trabalho, nesse período as pessoas não tem tanta flexibilidade e as cias aéreas sabendo disso aumentam os valores. Salvo em casos que o voo está  bem vazio e que a cia decide fazer promoções de última hora (mas é menos comum, não conte com a sorte, por isso este guia é ajudar no seu planejamento).

O terceiro ponto é onde comprar a passagem, é aí que ferramentas de busca podem te ajudar muito na compra de passagem aérea barata.

Essa ferramenta é que acho a melhor e mais completa para busca de passagens, nela você pode abrir o calendário por mês, e como eu disse, flexibilidade é muito importante para encontrar passagens baratas, e o mais legal que nesse site você poderá ver os preços das passagens para o mês todo e escolher a data que estiver mais barato.

Na sua busca você deverá colocar a cidade e todos os aeroportos dessa cidade, aumente sempre as opções, no calendário não coloque uma data fixa, faça a busca por mês. O site fará a combinação de cias aéreas, e aeroportos e então você visualizará as melhores tarefas para aquele período.

DICA EXTRA PARA VIAJAR BARATO: Se você está fazendo uma viagem para Europa e deseja ir para Paris, por exemplo, e não consegue uma boa tarifa, considere escolher outra cidade como destino para comprar sua passagem, isso porque, dentro da Europa você encontrará vários voos internos bem baratos, ou complementar sua viagem de trem ou ônibus. Nesse exemplo, talvez você encontre uma tarifa para Amsterdam bem mais barata. Antes de concluir a compra pesquise em paralelo as alternativas para chegar desse novo aeroporto até seu destino final e avaliar se vale a pena.

Achou uma passagem barata mas tem várias conexões?! Use isso a seu favor, aproveite as conexões longas para conhecer por algumas horas um novo destino que não seja o seu principal, ou até fazer um stopover, que é uma parada no caminho até o seu destino final. Se quiser saber mais sobre stop overs e conexões longas, eu tenho um posto sobre isso aqui.

Como conseguir hospedagem barata, e hospedagem gratuita.

Passagem comprada e destino definido, agora vem o segundo passo para viajar barato, a hospedagem um dos maiores gastos da viagem. Pois saiba que existem várias alternativas para reduzir ou até eliminar esse custo. Isso mesmo, é possível viajar com hospedagem de graça.

Vou explicar tudo sobre hospedagem aqui, isso envolve hóteis, airbnb, hostels, plataformas de reservas de hospedagem, e como viajar sem pagar nada por hospedagem.

A forma mais tradicional que conhecemos de se hospedar é ficando hotéis, mas foi se o tempo em que se fazia uma reserva de hotel ligando na recepção ou indo no balcão. Hoje em dia temos a facilidade de buscadores cheio de ferramentas para comparar preços e fazer busca de centenas de hotéis em poucos cliques, algo que seria impossível manualmente.

Dois sites de reservas são meus favoritos para essa busca, inclusive o primeiro, te dou um desconto de 50 reais na sua reserva. No Booking além dos tradicionais hotéis você encontrará hostels e apartamentos de temporada, você ainda pode ser tornar cliente genius após 5 reservas no site e garantirá 10% de desconto extra em centenas de hotéis cadastrados na plataforma.

Similar ao booking, o hotéis.com é outra excelente plataforma de busca, o grande diferencial deles é o program de fidelidade em que a cada 10 dias de viagem você ganha uma diária grátis, não precisa ser na mesma reserva, você vai acumulando noites conforme vai viajando, ao completar 10 noites você recebe o voucher para uma diária gratuita no valor da média de gastos que você obteve nas suas 10 reservas. Clique para um desconto no hotéis.com.

Mas a revolução no mercado de hospedagem não para por aí, o maior crescimento nesse ramo nos últimos anos foi o airbnb. Nesse site você poderá reservar apartamentos inteiros, casas, quartos, ou até mesmo um barco. As possibilidades são muitas, eu mesmo já me hospedei em um motorhome, a experiência do airbnb é mais imersiva, você ficará hospedado onde um local moraria, os valores são bem competitivos, e para grupos com mais pessoas pode ser um excelente negócio. Quando você aluga o imóvel todo, terá disponível a cozinha, dessa forma, você terá mais uma oportunidade de economizar em sua viagem se fizer as refeições em casa. Aqui deixo um desconto de até 179 reais para sua primeira hospedagem, entre e divirta-se procurando sua próxima hospedagem.

Outra forma de se hospedar pagando bem pouco são os hostels, outro mercado que cresceu muito, nessa modalidade você alugará uma cama em um quarto compartilhado, assim seus custos cairão imensamente. Hoje em dia muitos hostels também oferecem quartos privativos, dessa forma, você pode manter sua privacidade e ainda aproveitar os ambientes compartilhados do hostel. Os hostels normalmente criam um ambiente bem casual para integração de pessoas, muitos viajantes estão ali sozinhos e acabam fazendo amizades durante a viagem. É um ambiente mais jovem, mas hoje em dia você já encontra hostels segmentados para público mais idoso ou que desejam um ambiente mais calmo.

Por último vou te contar como viajar se hospedando de graça, te apresento duas formas na verdade, a primeira se chama couchsurfing, uma comunidade (espécie de rede social) em que você se cadastra e poderá receber pessoas do mundo todo para se hospedar em sua casa, ou você se oferecerá para se hospedar na casa de alguém, essa comunidade colaborativa vem tornando possível o sonho de milhares de pessoas nos últimos anos. O legal disso tudo é poder se hospedar na casa de um local, ter uma experiência diferente de viagem, foge do turistão tradicional.

Outra forma de se hospedar gratuitamente é pela worldpackers, outra comunidade colaborativa que une hosts e viajantes que desejam trocar algumas horas de trabalho por hospedagem. A maior quantidade de vagas fica voltada para trabalhos em hostels, recepção, promoter de festa, limpeza, cozinha, administração de redes sociais, etc, as possibilidades são muitas. Há também opções de trabalhos voluntários em fazendas, comunidades carentes, dar aulas etc.

Na worldpackers você faz seu cadastro gratuito e tem acesso as vagas, para se aplicar a alguma vaga você precisa pagar uma anuidade de 49 dolares, assim você conversará com os hosts para tratar da oportunidade. Gostou da ideia ? Use o cupom VAICOMBRUNO para um desconto de 10 dólares na anuidade.

Como economizar em atrações turísticas

Terceiro passo para viajar barato, esse é o pilar em que menos temos alternativas para economizar, isso se você for daqueles turista que faz questão de entrar em todas as atrações turísticas disponíveis.

Mas tenho uma boa notícia, é possível conhecer muitos lugares em gastar absolutamente nada, ou quase nada.

Muitas cidades são verdadeiros museus à céu aberto, cheio de história em cada esquina, igrejas que não pagam nada para entrar (salvo algumas exceções), museus gratuitos em diversas cidades, ou em alguns lugares, há determinados dias que são gratuitos ou com desconto. Enfim, aqui você vai precisar parar e pesquisar um pouquinho por destina que deseja ir o que fazer de graça. Não preciso nem mencionar os paraísos tropicais e as belezas naturais né !? Praias, cachoeiras, reservas, trilhas, etc, são passeios que se fazem de graça em quase todos os lugares do mundo.

Outra forma legal de conhecer uma cidade são os free walking tour, são guias voluntários que fazem um tour caminhando por pontos interessantes das cidades, duram de 1 a 2 horas e no final você paga o que acha justo pelo serviço e que esteja dentro do seu bolso. Aí vai de sua consciência, não acho correto não pagar nada, valorize o trabalho de quem está ali.

Outra dica legal para economizar com passeios é olhar o site groupon do seu destino, ali você poderá encontrar ótimas ofertas. Não deixe de visitar os sites das atrações que deseja visitar, muitas vezes há descontos para comprar online e com antecedência, além de poder evitar filas na bilheteria.

Como economizar com alimentação em viagem

Quarto passo para viajar barato, alimentação. Esse pilar pode derrubar o orçamento de qualquer viagem, frequentar bons restaurantes sem dúvida é uma experiência incrível em qualquer viagem, mas saiba que você pode ter uma experiência gastronômica sem gastar muito.

A primeira dica são as comidas de rua (street food), food trucks, pequenos estabelecimentos comerciais com uma pequena porta aberta, etc. Comida de rua é barata, mas não necessariamente ruim, você poderá experimentar pratos típicos inclusive. Qualquer grande centro vai estar cheio dessas opções, não se intimide em buscar um lhe agrade.

Outra dica é perguntar para um trabalhador local onde ele almoça, regiões turísticas estão repletas de restaurantes para atender esse público (turistas) que acabam pagando mais caro pela conveniência, mas pergunte para qualquer trabalhador local. Ei amigo, onde você costuma almoçar aqui na região ? Ele certamente vai te indicar um local bom e com preço acessível.

Supermercados pode ser uma excelente saída quando o assunto é comer barato em uma viagem. Não, não pense que você terá que cozinhar necessariamente, óbvio que se estiver disposto a cozinhar sua alimentação poderá sair ainda mais barata, inclusive essa uma das vantagens que apontei quando falei em se hospedar pelo airbnb, o fato de ter cozinha em seu local de hospedagem pode te ajudar e muito para reduzir custos de alimentação.

Mas supondo que você não é do tipo mão na massa, e mal sabe fritar um ovo, você pode comprar refeições prontas em supermercados. Sempre há opções de sanduiches, pequenas refeições quentes (nos horários de almoço e janta), saladas prontas, além da opção de congelados, válido se você tiver um micro-ondas ou forno na hospedagem.

O café da manhã é a refeição mais fácil de se economizar, um sache de café instantâneo, um pãozinho ou bolinho já são suficientes para levantar e começar o dia sem ter que sair direto para uma cafeteria. Ao chegar em qualquer cidade, procure um supermercado para essas compras iniciais de café da manhã, água, alguma coisa prática para carregar na mochila e sempre ter quando bater uma fome, uma barrinha de cereal, um chocolate, enfim o que lhe agradar. Garanto que fará uma boa economia.

Refeições em padaria, acho que o exemplo mais clássico nesse caso, são boulangeries de Paris, comer na cidade luz é bem caro, e as padarias de lá oferecem uma infinidade de delícias com preços super acessíveis, não só em Paris você encontra boas padarias, na Europa em geral você estará bem servido. Seja onde for, procure descobrir onde estão essas opções mais econômicas e não menos gostosas.

Fast food é outra alternativa para economizar, eu sei que não é a opção mais saudável, mas vez ou outro acho válido um hambúrguer ou uma pizza, não é? Faz parte do processo de viajar barato rs. 

As grandes redes de fast food estão espalhadas no mundo todo, e certamente não pagará caro por uma refeição, inclusive essas redes têm se adaptado as tendências de consumo e já incluem opções mais saudáveis em seus menus. Uma dica extra quando falamos em fastfood é baixar o app do restaurante para celular, sempre há cupons de descontos que vão te fazer economizar ainda mais na hora da refeição.

Descontos e cupons úteis para usar no planejamento de sua viagem

Depois de todas as dicas à cima acho que você já tem uma visão mais ampla para poder economizar e planejar o orçamento de sua viagem e conseguir viajar barato.

Lembre-se de viajar com segurança, o seguro viagem é obrigatório para muitos países, inclusive na Europa. Independentemente da obrigatoriedade é fundamental viajar com proteção, acidentes acontecem e consultas médicas e hospitalares são caríssimas. Cote seu seguro por aqui com desconto.

Se você precisar de alugar um carro em sua viagem procure reservar com bastante antecedência para garantir as melhores tarifas. Road trips são minhas viagens favoritas e procure saber se seu cartão de crédito oferece o benefício de seguro de aluguel de carro, assim você economizará ainda mais. Para consultar o benefício basta entrar no portal de seu cartão de crédito pela Internet ou entrar em contato com o banco emissor de seu cartão.

E não dá para ficar desconectado durante a viagem né ? A Internet é uma super aliada durante a viagem nas buscas de passeios, restaurantes, mapas, etc. Além de poder postar as fotos da viagem nas redes sociais. O chip internacional é grande facilitador para isso e você já chega conectado no seu destino.

Abaixo deixo alguns cupons de desconto para você economizar ainda mais e viajar barato.

Booking

Hotéis.com

Airbnb

Uber

Worldpackers

Seguro Viagem

Aluguel de Carro

Chip Internet

pinit fg en rect red 28 - Viajar barato – O guia definitivo para planejar sua viagem gastando pouco

Um comentário em “Viajar barato – O guia definitivo para planejar sua viagem gastando pouco

  1. Érica Lamante Scotton Responder

    O Bruno é um incrível. Viajamos juntos algumas vezes e realmente nos divertimos muito e pagamos pouco. Super recomendo. ” Vai com Bruno ” é o canal para conhecer lugares mágicos sem ficar descapitalizado.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *